Tempestade (Ricardo Temóteo) - Às Quartas Poetizamos



Poetizamos os sentires... Poetizamos os sentidos...

A Poesia de Hoje - Tempestade - vem na voz de seu autor, Ricardo Temoteo.

Escutem...

Com esta vigorosa poesia queremos também prestar nossa solidariedade à Lelo Filho (@lelofilhoabofetada) e à Cia Baiana de Patifaria...

Há muito a dizer... mas também um esvaziamento de palavras...

Só sentires ...


TEMPESTADE!


O céu negro explode raios

e o vento perturba as árvores, casas, vidas...


TEMPESTADE!

As horas se esgotam mas a chuva persiste.

É preciso esquecer o medo

para que o sono chegue lentamente

e nos leve até o amanhecer.


O trovão dentro de mim se acalma, pois tenho fé.

Lembro que acima das nuvens

está a constelação de estrelas.

Sei que além do tempo e das montanhas

o sopro de Deus vivifica, fortalece, renova e transforma!


A tempestade vai passar.

E quem acredita não mais se espanta.

O Sol vai novamente

iluminar os caminhos.

E quem acredita adormece em paz.

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo