10 passos para uma alimentação adequada e saudável


Ter uma alimentação saudável é um grande desafio no mundo atual onde as ofertas de produtos alimentícios e fast food são cada vez maiores e o ritmo de vida das pessoas cada vez mais acelerado, faltando tempo muitas vezes para comer adequadamente. Entretanto é fundamental priorizar uma alimentação equilibrada com objetivo de manter ou adquirir saúde e aumentar a qualidade de vida. É importante saber que uma alimentação equilibrada busca fornecer todos os nutrientes indispensáveis para o organismo funcionar adequadamente. De maneira geral temos como parâmetro a Pirâmide Alimentar Brasileira, criada em 1999, conforme figura abaixo:

Os alimentos que estão na base da Pirâmide são aqueles que devemos consumir em maior quantidade. Aqueles que estão no meio da Pirâmide devem ser consumidos moderadamente e aqueles que estão no topo são os alimentos que devemos consumir em pouca quantidade.

Entretanto existem situações específicas que necessitam de um acompanhamento nutricional individualizado, por isso é importante buscar ajuda de um profissional, o nutricionista, que se dedica ao estudo dos alimentos e a prescrição dietética. Este profissional, dentre as várias atuações, avalia as necessidades nutricionais de cada indivíduo, prescreve a dieta adequada quanto ao gasto energético, a ocorrência de déficit nutricional e reversão dos mesmos e caso necessário a suplementação de nutrientes essenciais para cada situação.

Samy Martha Alcântara Especialista em Nutrição Clínica e Funcional CRN 51710 Formada pela Universidade Federal da Bahia, Brasil Com reconhecimento do diploma pela Universidade do Porto, Portugal

1 - Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação.

2 - Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias.

3 - Limitar o consumo de alimentos processados.

4 - Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados.

5 - Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia.

6 - Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados.

7 - Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias.

8 - Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.

9 - Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora.

10 - Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais.


Fonte: Guia alimentar para a população brasileira - Ministério da Saúde

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Sorrir